UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/04/2010 - 09h24

Cobertura para desmoronamentos é opção em apólices de seguros

SÃO PAULO – Quem mora em áreas habitualmente atingidas por chuvas, na hora de contratar o seguro residencial, pode optar por produtos que ofereçam cobertura para desmoronamentos.

O Grupo Santander Brasil, por exemplo, disponibiliza três modalidades de seguro com possibilidade de incluir este tipo de cobertura: o Seguro Residencial Santander, o Seguro Proteção Residencial do Banco Real e o Seguro Residencial Santander Van Gogh.

Nos dois primeiros casos, as apólices garantem ao segurado indenização em decorrência de sinistro no imóvel, incluindo prédio (valor de reconstrução) e conteúdo (valor de reposição).

“A situação de desmoronamento é imprevisível e pode ocorrer em qualquer lugar. Logo, o Seguro Residencial se apresenta como um recurso interessante para todo proprietário de imóvel”, disse o superintendente de seguros da instituição, Luciano Felipe Benício.

Preços

De acordo com a assessoria de imprensa do Grupo Santander Brasil, os prêmios do seguro residencial são diferenciados para casa e apartamentos acima do segundo andar, variando de R$ 161,40 a R$ 623,31, para capital segurado de R$ 40 mil a R$ 300 mil, sendo que os apartamentos situados no primeiro andar têm os mesmos preços das casas.

No que diz respeito às coberturas, nos seguros residenciais, com exceção do segmento Van Gogh e Private, que são customizados, elas ficam da seguinte maneira: 100% da cobertura básica contratada para os casos de incêndio, queda de raio e explosão; 50% para responsabilidade civil familiar e tumulto; 10% para vendaval até fumaça, perda/ pagamento de aluguel, roubo/ furto qualificado, desmoronamento e quebra de vidros; 7,5% para danos elétricos.

Nos dois casos, os seguros são exclusivos para casas ou apartamentos de residência habitual, o que significa moradia permanente, e de construção sólida (alvenaria).

Outros seguros

A Porto Seguro é outra empresa que oferece cobertura para desmoronamento. Na seguradora, entretanto, este tipo de sinistro é coberto nas apólices do Porto Seguro Condomínio e do Porto Seguro Riscos de Engenharia.

No primeiro caso, a importância segurada é limitada a R$ 10 mil. Já nos segundo, o produto é destinado às incorporadoras, empreiteiras, subempreiteiras e aos proprietários ou responsáveis por edifícios residenciais, comerciais e industriais, protegendo contra prejuízos nas obras durante a construção, ampliação ou reforma.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host