UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 08h50

Inadimplência do consumidor deve crescer no segundo semestre, prevê Serasa

Infomoney
SÃO PAULO – De acordo com o Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência, divulgado nesta quinta-feira (15), o nível de inadimplência dos consumidores deve crescer no segundo semestre.

De acordo com o estudo, em fevereiro, a perspectiva de inadimplência do consumidor para os próximos seis meses apresentou aumento de 1,6%, a sexta alta mensal seguida, com o índice chegando a 101 pontos – o maior desde abril do ano passado.

Segundo os analistas da Serasa, o resultado indica que a atual tendência de queda de inadimplência das pessoas físicas perderá força. O indicar acima de 100 pontos sinaliza, dizem os técnicos, que a inadimplência traçará uma linha de elevação, ainda que pequena.

Endividamento acelerado

Para os técnicos da Serasa, o aumento do endividamento do consumidor, observado durante os últimos trimestres, elevará a parcela de renda comprometida para pagamento de juros e amortização de empréstimos.

Além disso, os economistas enxergam um novo ciclo de aperto monetário, previsto para iniciar-se ainda neste mês, por conta do possível aumento da taxa de juros básica (Selic) – o que ajudará a elevar ainda mais os níveis de inadimplência.

De acordo com os analistas, porém, o aumento do índice nos próximos meses poderia ser mais acentuado, não fosse o fortalecimento do crescimento econômico, aliado às boas taxas de empregabilidade, que deve impedir uma elevação ainda maior da taxa.

Sobre a pesquisa

Os indicadores Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência dos Consumidores avalia, em um horizonte de seis meses, em que fase do ciclo estarão várias variáveis econômicas, como concessões reais de crédito, inadimplência, crise e recuperação.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host