UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 09h18

Lula diz que irá aguardar Congresso para se posicionar sobre aposentadorias

Infomoney
SÃO PAULO - Em meio à polêmica acerca do reajuste das aposentadorias acima de um salário mínimo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, na última quarta-feira (14), que irá aguardar a decisão do Congresso Nacional para decidir se veta ou não o aumento.

“O governo havia chegado a um acordo com as centrais sindicais, esse acordo foi para o Congresso Nacional, lá no Congresso houve emendas. Eu vou esperar votar, quando isso chegar na minha mesa, tranquilamente, eu vou tomar a decisão do que fazer (…) Eu não posso nem dizer que vou manter ou que não vou manter. Porque eu tenho que saber quais foram as condições políticas em que foi feita a votação, quais são as condições da Previdência para suportar isso”, disse o presidente, conforme publicado pela Agência Brasil.

Polêmica

Mesmo após reunião que aconteceu na tarde da última quarta-feira (14), os líderes partidários da Câmara dos Deputados e do Senado não chegaram a um acordo sobre o índice a ser utilizado no reajuste dos benefícios de aposentados que recebem acima de um salário mínimo por mês.

De acordo com o deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), os líderes definiram ainda o dia 27 de abril como a data para votar a Medida Provisória 475/09, que trata do tema.

Para o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), entretanto, o governo deu o “maior reajuste do mundo” aos aposentados este ano, não sendo possível ultrapassar o limite de 7%. “Qualquer proposta que passar desse limite não terá sustentação econômica, nem financeira e não tem sustentação no Orçamento”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host