UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 10h03

Consumidor ainda está menos à vontade para comprar casa e carro

SÃO PAULO - Os consumidores ainda continuam menos confiantes para comprar uma casa ou um carro, de acordo com o INC (Índice Nacional de Confiança) divulgado pela ACSP (Associação Comercial de São Paulo).

A parcela dos que sentem um pouco menos ou muito menos à vontade manteve-se em 40%, no terceiro mês do ano.

Já a proporção daqueles que se dizem um pouco e muito mais à vontade atingiu 33%, ante 32% de fevereiro.

Compras menores

Ainda segundo o estudo, o percentual de consumidores que se mostraram um pouco mais ou muito mais dispostos a realizar compras menores, como a de um fogão ou uma geladeira, em março, subiu 5 pontos percentuais em relação a fevereiro: de 45% para 50%.

Já o número de brasileiros que afirmaram se sentir um pouco menos ou muito menos à vontade para comprar esse tipo de produto caiu também 5 p.p., de 31%, em fevereiro, para 26%, em março.

O resultado, segundo a ACSP, se deve em grande parte ao aumento da segurança no emprego: em março, 44% se sentiam mais confiantes, contra 41% em fevereiro. Os menos confiantes agora representam 22% dos entrevistados, ante 25% no mês anterior.

Futuro

Quando se trata da confiança do consumidor no futuro da economia da região onde mora, o índice daqueles que acham que a economia vai ficar mais forte subiu de 46% para 48%, entre o segundo e terceiro meses.

Já a parcela daqueles que acreditam que a economia vai ficar mais fraca caiu de 10% para 9% na mesma base comparativa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host