UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 09h22

Qualidade do crédito ao consumidor volta ao patamar pré-crise

SÃO PAULO - A qualidade do crédito ao consumidor melhorou no primeiro trimestre deste ano. A alta foi de 0,7%, o que permitiu ao indicador alcançar 79,2 pontos, o patamar vigente no final do segundo trimestre de 2008, antes da eclosão da crise financeira internacional. Os dados são da pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta segunda-feira (19).

A recuperação no mercado de trabalho, com ampliação do emprego e dos rendimentos reais sobre a capacidade de pagamento dos consumidores teve impacto positivo sobre a qualidade de crédito do consumidor observada neste primeiro trimestre.

Também contribuiu com este cenário, segundo o indicador, o fato de que as taxas de juros entraram em trajetória de declínio, o que diminui os custos dos financiamentos.

Trajetória de recuperação

No último trimestre do ano passado, o índice havia alcançado 78,6 pontos, quando começou a se recuperar após ter atingido o patamar mínimo histórico no 3º trimestre de 2009 (78,2 pontos).

O indicador avalia, em uma escala de zero a 100, a qualidade de crédito do consumidor: quanto maior, melhor a qualidade e, portanto, quanto menor, pior a qualidade, o que significa que há mais chances de inadimplência.

O indicador

O Indicador de Qualidade do Crédito foi lançado em maio do ano passado pela Serasa, seguindo o conceito que existe nas economias mais desenvolvidas. Ele é usado como referência para o mercado e para definição de expectativas do empresário e do consumidor.

Com divulgação trimestral, o indicador mostrará, quando houver melhora da qualidade do crédito, uma tendência ao declínio da inadimplência e, a partir daí, espaço para redução das taxas de juros, já que há um risco menor.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host