UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 10h36

Votação de reajuste dos aposentados deve ser adiada por conta do feriado

SÃO PAULO - A votação que irá definir o índice de reajuste das aposentadorias com valores acima de um salário mínimo será atrasada em mais de uma semana por conta do feriado de Tiradentes, na próxima quarta-feira (14).

Segundo publicado pela a Agência Brasil, o Plenário só deve decidir sobre o assunto na próxima terça-feira (27).

Polêmica

Na última quarta-feira (14), os líderes partidários da Câmara dos Deputados e do Senado realizaram mais uma reunião para discutir sobre o índice a ser utilizado no reajuste dos benefícios de aposentados que recebem acima de um salário mínimo por mês e mais uma vez não chegaram a um consenso.

A proposta inicial do governo era a que está no texto da medida provisória, de 6,14%, podendo chegar a 7%. Mas, em negociação com os senadores, as centrais sindicais acham que esse número pode chegar a 7,7%, 80% do crescimento do PIB (Produto Interno Bruto).

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), entretanto, disse que vai manter os 7% de reajuste, mesmo com a base governista no Senado ameaçando alterar esse índice para 7,7%. “Se aprovarem mais que 7%, o presidente Lula não tem outra opção a não ser vetar”, disse.

Já o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse em audiência pública na Câmara dos Deputados que defende o veto para qualquer índice superior a 6,14%. O presidente Lula, por sua vez, afirmou que irá aguardar a posição do Congresso para se posicionar sobre o assunto.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host