UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 08h34

Região Centro-Oeste registra a maior alta de preço do leite longa vida

SÃO PAULO - O preço do leite longa vida subiu em todas as regiões do Brasil no mês de março, sendo que o Centro-Oeste foi onde ocorreu a alta mais intensa (12,52%), segundo pesquisa realizada pela GfK divulgada na segunda-feira (26).

A região Sul foi que apresentou a segunda maior alta (10,77%), ocasionada pelo aumento de 19,86% no estado de Santa Catarina.

Segundo a pesquisa, nas regiões Sudeste, Norte e Nordeste, o preço do leite longa vida ficou 10,09%, 8,02% e 6,06% mais caro, respectivamente, na comparação com o mês de fevereiro.

Cidades

Das localidades pesquisas, Brasília foi onde o produto teve a maior alta (18,49%), seguida por Fortaleza, onde o leite longa vida encareceu 18,06% e, por Natal, que registrou aumento de 15,37% no preço da bebida.

Vitória e Cuiabá foram os únicos locais onde o preço do produto ficou estável. Apenas Salvador e Maceió apresentaram queda nos preços do produto (-5,6% e -1,35%, respectivamente), como pode ser observado na tabela abaixo:

Leite longa vida
Localidade Fev/10 x Mar/10
Santa Catarina 19,86%
Brasília 18,19%
Fortaleza 18,06%
Grande Rio de Janeiro 15,67%
Natal 15,37%
Curitiba 14,65%
Interior de Minas Gerais 11,78%
Grande Belo Horizonte 10,49%
Interior do Paraná 9,66%
Grande São Paulo 9,21%
Interior do Rio Grande do Sul 9,14%
Grande Porto Alegre 8,99%
Goiânia 8,09%
Interior de São Paulo 8,06%
João Pessoa 7,98%
Campo Grande 7,19%
Recife 4,52%
Cuiabá 0,0%
Grande Vitória 0,0%
Maceió -1,35%
Salvador -5,76%
Geral

De acordo com o estudo, no Brasil, o leite longa vida teve alta de 10,51%, no mês passado, na comparação com o segundo mês do ano. Considerando os últimos 12 meses, o aumento foi de 13%.

Apesar da alta expressiva, os índices não chegam ao patamar de maio do ano passado, quando houve crescimento de 14,31%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host