UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/04/2010 - 15h47

Comprar em supermercados ficou 2,32% mais caro em março, aponta Abras

SÃO PAULO - Os preços praticados pelos supermercados em março aumentaram 2,32% em relação a fevereiro. No mês passado, por sua vez, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) registrou alta de 0,52%.

Conforme divulgou a Abras (Associação Brasileira de Supermercados) nesta quarta-feira (28), a cesta com 35 produtos de largo consumo fechou março cotada a R$ 274,48, ante R$ 268,25 no mês anterior. Um ano antes, por sua vez, o valor era de R$ 257,75, o que significa alta de 6,49%.

A alta mensal foi impulsionada, principalmente, pelo aumento de preços do tomate (40,96%), da batata (13,48%) e do leite longa vida (10,51%).

Pelo Brasil

Por região do País, a cesta mais cara identificada foi a do Norte, que saiu de R$ 318,03 em fevereiro para R$ 318,51 em março - alta mensal de 0,15%.

A cesta do Sul ficou 2,60% mais cara em um mês, passando de R$ 295,56 para R$ 303,23, aparecendo como a segunda mais cara, seguida pela do Sudeste, que aumentou 2,83% entre fevereiro e março, de R$ 2451,54 para R$ 258,67.

As cestas do Centro-Oeste e do Nordeste foram as mais baratas. A primeira registrou alta de 3,18%, passando de R$ 244,51 em fevereiro para R$ 2252,28 em março. A segunda subiu 3,62% e permaneceu como a mais barata, dos R$ 221,66 registrados em fevereiro para R$ 229,68 em março.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host