UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

29/04/2010 - 15h21

CEF financia mais da metade dos imóveis usados vendidos em São Paulo em 2009

SÃO PAULO – Pesquisa divulgada pelo Creci-SP nesta quinta-feira (29) mostra que mais da metade das vendas de imóveis usados na região do ABCD mais Guarulhos e Osasco, no ano passado, teve financiamento pela CEF (Caixa Econômica Federal).

De acordo com o levantamento, o financiamento do banco federal atingiu 51,44% dos negócios com imóveis usados feitos na região. A venda à vista ficou em segundo lugar, com 33,86% das negociações, seguida pelo parcelamento aos próprios donos das propriedades (9,71%), financiamento de bancos privados (4,07%) e consórcios (0,92%).

“A liderança abosluta da CEF e a reduzida participação dos demais bancos chamam a atenção para aparente distorção do mercado e para as oportunidades de negócios que os bancos estão perdendo. Se a CEF cumpre uma função social e uma política de governo, ao ampliar os financiamentos, os demais bancos, especialmente os privados, deveriam atentar para o fato de que estão perdendo um instrumento poderoso de captação e fidelização de clientes (…) O crescimento do crédito precisa alcançar também o mercado de imóveis usados, para que um maior número de famílias tenha acesso à casa própria, com financiamentos de prazo mais longo, juros mais baixos e sem parcelas de entrada”, disse o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto.

Preferências

No que diz respeito às preferências, em 2009, quem comprou algum imóvel usado na Grande São Paulo gastou, na maior parte das vezes (61,23% do total), até R$ 160 mil.

Além disso, na região, houve predomínio na venda de apartamentos (60,82%), contra 39,18% das casas. Quanto à localização, cerca de 71% das casas e apartamentos que mudaram de donos na região do Grande ABC localizavam-se em bairros das áreas centrais da cidade.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host