UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/04/2010 - 16h10

Vendas imóveis usados à vista predominam no litoral de São Paulo

SÃO PAULO – A maioria dos imóveis vendidos no litoral de São Paulo em 2009 foi adquirida à vista, aponta a pesquisa do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP).

Conforme demonstrou o estudo, 64,57% do total de unidades foram compradas no ato. Os imóveis vendidos com financiamento da Caixa Econômica Federal somaram 23,86% do total. Os vendidos parceladamente pelos proprietários (6,71%), os financiamentos por outros bancos (2,93%) e os vendidos por consórcio (1,93%) vieram a seguir.

As vendas apresentaram crescimento de 24,07%, de acordo com o Creci-SP. Em 2009, os imóveis usados de até R$ 100 mil foram os mais vendidos em 12 cidades no litoral de São Paulo. Essa faixa de preço representou 50,46% de 2.363 casas e apartamentos negociados pelas imobiliárias durante o ano.



Regiões


Santos, o maior município da região, fechou o ano com quatro dos seis tipos de imóveis com variação positiva nos preços. São eles: apartamentos de um dormitório em bairros da área central (+27,16%), apartamentos de dois dormitórios  (+78,36%), apartamentos de três dormitórios (+88,23%) e de um dormitório (+0,89%), todos em áreas nobres.

Já os apartamentos de dois e três dormitórios na área central da cidade tiveram variação negativa no ano passado, de 87,38% e 11,61%, respectivamente.

As regiões da Praia Grande - quatro altas e duas quedas de preço -, Peruíbe - três altas e uma desvalorização - e Guarujá - dois aumentos de preço - fecharam os 12 meses do ano com número superior de variações no azul.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host