UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 12h33

Cartão personalizado facilita ao consumidor pedir Nota Fiscal Paulista nas compras

SÃO PAULO – Um cartão personalizado vai facilitar aos consumidores pedir a Nota Fiscal Palista. Com o recurso criado pela Secretaria da Fazenda de São Paulo, os estabelecimentos que utilizam leitores de código de barras não precisarão mais digitar o número completo do documento.

O cartão, que pode ser impresso gratuitamente a partir do site do programa (www.nfp.fazenda.sp.gov.br), contém o nome, CPF e código de barras do usuário. Onde não houver leitor de código de barras, o cartão pode servir para que o comerciante digite o número do CPF impresso.

Emissão

Para emitir o cartão, basta fazer login no sistema e na opção “configurar” clicar em “Cartão da Nota Fiscal Paulista”. Outra tela se abrirá, já com seu cartão personalizado. Após essa operação, basa imprimir na melhor resolução disponível, recortar e dobrar onde indicado nas linhas pontilhadas. O consumidor pode ainda plastificar o cartão, para aumentar sua durabilidade.

A Secretaria lembra que o cartão pode ser usado em todas as compras, mas não serve como documento. Ele também não permite fazer pagamentos e não serve como cartão de banco. “Foi criado apenas para que o consumidor informe seu CPF no momento da compra com mais segurança e conforto”, afirma o órgão, em nota oficial.

O que é?

A Nota Fiscal Paulista é um programa elaborado pelo Governo do Estado com a justificativa de reduzir a carga tributária da população, pois os consumidores recebem créditos ao efetuarem compras de mercadorias, desde que informem o CPF ou CNPJ. Desde seu lançamento, em outubro de 2007, o programa conta com mais de 8 milhões de participantes cadastrados. Nesse período, a Nota Fiscal Paulista registrou 7,8 bilhões de documentos fiscais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host