UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 15h16

Maio deve registrar queda de 15% nas vendas de veículos novos

SÃO PAULO – O mês de maio deve registrar queda de mais de 15% nas vendas de veículos zero quilômetro, na comparação com abril.

De acordo com a previsão da Agência MSantos, frente a maio do ano passado, as vendas também devem registrar queda. Para o economista da agência, Ayrton Fontes, o movimento nas concessionárias tem caído gradualmente.

As quedas nas vendas já são esperadas, uma vez que o mercado de autos não conta mais com os efeitos positivos do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido. Somente em abril, de acordo com o último relatório divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), as vendas caíram mais de 21%, frente a março.

Previsões para 2010

“Os consumidores anteciparam suas compras até o final de março e início de abril para aproveitar a redução do IPI”, afirmou o economista. Com o fim do benefício, a tendência é de que as vendas registrem queda. 

O fim do IPI não deve apenas impactar os resultados dos próximos meses. Para a Fenabrave, o desempenho deste ano do setor deve sofrer mais do que o previsto inicialmente. A federação estimava que as vendas de autos aumentem 10,2% neste ano. Agora, a previsão é de que cresçam 6,39% em 2010.

Além do IPI, a instituição também credita a queda da previsão à mudança na taxa básica de juros (Selic), que está em 9,50% ao ano. Para Fontes, da MSantos, “as coisas parecem estar complicadas para o setor”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host