UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 13h25

Inadimplência com crédito pessoal cai em abril e atinge a menor taxa em dez anos

SÃO PAULO – A inadimplência das pessoas físicas com crédito pessoal registrou leve queda em abril, frente a março, de 0,1 ponto percentual, e ficou em 4,5%. A variação dessa modalidade manteve o índice no menor nível desde outubro de 2000, quando era de 4,3%.

De acordo com a Nota de Política Monetária e Operações de Crédito, divulgada nesta quarta-feira (26) pelo Banco Central, na comparação com abril de 2009, a inadimplência com crédito pessoal registrou queda de 1,2 ponto percentual.

Considerando as dívidas em atraso entre 15 e 90 dias, essa modalidade de crédito ficou em 4% - a mesma taxa registrada em março. Frente a abril de 2009, as dívidas vencidas registraram queda de 0,7 ponto percentual.

Aquisição de bens

Em abril deste ano, a aquisição de bens - outros registrou o maior índice de inadimplência dentre as linhas analisadas pelo Banco Central. No mês passado, a taxa da modalidade ficou em 10% - o índice é o menor desde fevereiro de 2006, quando a inadimplência dessa modalidade era de 9,9%.

Na comparação com março deste ano, houve queda de 0,3 ponto percentual. Já na comparação com abril do ano passado, o índice ficou 4,6 pontos percentuais menor. No mês passado, as dívidas vencidas entre 15 e 90 dias representaram 7,5% das operações, número 0,2 ponto percentual menor que o de março (7,7%) e 2,5 pontos percentuais menor que abril de 2009 (10%).

Aquisição de veículos

A inadimplência com as linhas de crédito para aquisição de veículos ficou praticamente estável em abril, frente a março, com leve recuo de 0,1 ponto percentual. Naquele mês, o índice de inadimplência ficou em 4%. Em abril último, a taxa foi de 3,9%.

O resultado é o menor desde setembro de 2008, quando a inadimplência dessa modalidade era de 3,8%. Na comparação com abril do ano passado (5,2%), a queda foi de 1,3 ponto percentual.

O índice das dívidas vencidas entre 15 e 90 dias dessa modalidade alcançou 7% em março, número 0,4 ponto percentual menor que o registrado em março e 2,2 pontos percentuais abaixo do índice verificado em abril do ano passado (9,2%).

Cheque especial

De acordo com a Nota, a inadimplência com cheque especial ficou praticamente estável, em 9,5%, com leve aumento de 0,1 ponto percentual frente a março. Na comparação com abril do ano passado, houve queda de 0,5 ponto percentual.

O índice de dívidas vencidas entre 15 e 90 dias atingiu 4,2% em abril. Na comparação com o mês anterior, houve queda de 0,3 ponto percentual. Já frente a abril de 2009, o índice caiu 1,3 p.p.

Inadimplência geral

Considerando a inadimplência em todos os tipos de financiamento, o índice de abril ficou em 6,8%, o menor nível desde dezembro de 2005 (6,7%).

Em relação a março, o índice de inadimplência recuou 0,2 p.p., já que estava em 7% naquele mês. Na comparação com o mesmo mês de 2009, houve queda de 1,6 p.p.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host