UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 08h29

De olho no cartão de crédito: consumidor deve pagar mais para parcelar fatura

SÃO PAULO - O consumidor deve ficar atento ao parcelar a fatura do cartão de crédito. Segundo alerta da Abradac (Associação Brasileira de Defesa e Apoio ao Consumidor), a taxa anual para o parcelamento da fatura pode chegar a 398,24%.

O valor assustador, de acordo com a entidade, deve-se ao último aumento no juro básico (de 0,75 ponto percentual) anunciado pelo BC (Banco Central), que também deve impactar a taxa anual do cartão para quem não parcela a fatura, hoje em torno de 360,96%.

“Os juros do cartão de crédito são hoje a opção mais cara para as pessoas e vão ficar ainda pior”, avalia o presidente da Associação, Vagner Souza.

Cuidados

Assim, diz Souza, para evitar mais dores de cabeça, as pessoas devem tomar cuidado e evitar o parcelamento da fatura, optando, sempre que possível, pelo pagamento integral da dívida.

No caso dos consumidores já endividados, uma alternativa é cancelar o cartão e ficar apenas com o débito para saldar, sem esquecer de ficar atento à cobrança dos juros.

“No caso de cobrança abusiva, a saída é entrar com uma ação para rever os valores e pagar apenas o que for justo (…) As pessoas, por necessidade ou falta de informação, passam a pagar apenas o mínimo ao receber fatura, e em pouco tempo a dívida se torna gigantesca (…) Aos poucos a pessoa corre o risco de perder bens por causa da dívida do cartão de crédito”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host