UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 13h15

Mais de 3,5 milhões de brasileiros trocarão de aparelho de TV em 2010

SÃO PAULO – Um grupo de mais de 3,5 milhões de consumidores brasileiros pretende trocar de aparelho de televisão até o final de 2010. Um levantamento realizado pelo instituto Data Popular apontou que só a classe D responderá por 18% dessas vendas. De acordo com o instituto, esse percentual significa cerca de 700 mil aparelhos novos nas casas desse nicho da população.

Classificadas como sendo uma faixa de menor poder aquisitivo, as classes C e D representam mais de 75% das intenções de compra desse produto. Ao somar os dois segmentos, possuem mais de 60% de um total de 8 milhões de famílias que já têm uma TV de plasma ou LCD

"Para as famílias emergentes, uma televisão nova também significa uma opção mais econômica de entretenimento, pois vai servir para que todos vejam filmes sem sair de casa. Ou ainda para que os filhos possam ficar jogando videogame, em vez de ficar expostos à violência das ruas", afirma o consultor e sócio-diretor do Data Popular, Renato Meirelles.

Expectativas

De 2006 até hoje, os preços das TVs de Plasma e LCD recuaram até mais de 70%, o que significa mais facilidade em obter o aparelho, aliada aos prazos mais longos de parcelamento, segundo estudo realizado pela Shopping Brasil.

Segundo estimativa da Eletros, entidade que reúne os fabricantes de televisores, a produção deve superar 11 milhões de aparelhos de TV neste ano, uma alta de 20% em relação a 2009.

Os varejistas Extra e Ponto Frio apostam em um crescimento de vendas de 110% no primeiro semestre, frente o mesmo período do ano passado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host