UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2010 - 12h47

Descontrole financeiro ainda é a principal causa da inadimplência

SÃO PAULO - O descontrole financeiro ainda é a principal causa apontada pelos brasileiros para explicar a inadimplência em abril.

De acordo com dados divulgados pela TeleCheque, essa justificativa foi indicada por 33,53% das pessoas consideradas inadimplentes entre os meses de março e abril usuárias de cheque como forma de pagamento.

Na comparação com março, porém, houve forte recuo, uma vez que 47,19% das pessoas estavam inadimplentes por conta do descontrole financeiro no terceiro mês do ano.

Em abril, o número de pessoas que citou o descontrole como motivo para inadimplência é mais de 24 pontos percentuais maior do que o registrado pelo motivo que ficou em segundo lugar - “emprestar o nome” -, que recebeu 9,45% das indicações. como é possível verificar na tabela abaixo:

Motivo da Inadimplência
Motivo Total (%)
Descontrole financeiro 33,53
Emprestar o nome 9,45
Desemprego 4,58
Erro do banco 4,14
Acidente/Doença 2,81
Depósitos antes do prazo 2,07
 
Viagem 1,62
Atraso salarial 1,48
Roubo/ perda 1,33
Conta encerrada 0,59
Banco cancelou limite de crédito 0,59

Descontrole é recorrente, mas está em queda

Observando os dados da TeleCheque, é possível concluir que o descontrole financeiro é recorrente entre os consumidores brasileiros, mas, na avaliação da entidade, está em queda.

“Vale ressaltar que, na comparação com o mesmo período do ano anterior, a queda do descontrole financeiro foi bastante expressiva, de 53,3%", avaliou, por meio de nota, o vice-presidente da TeleCheque, José Antônio Praxedes Neto. Entre março e abril do ano passado, o descontrole financeiro representava 71,75% dos motivos de inadimplência.

Por outro lado, as indicações de "empréstimo do nome" subiram de 5,17% registrados entre março e abril do ano passado para 9,45% neste ano. Para Praxedes, a inclusão das classes C e D no universo do consumo impulsionou a elevação.  

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host