UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 16h29

Namorados terão de ser mais generosos no próximo 12 de junho

SÃO PAULO – O Dia dos Namorados está chegando e quem quiser presentear o namorado ou namorada no próximo dia 12 deverá ser mais generoso nas demonstrações de carinho, segundo alerta o professor da FEA-USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo) e coordenador do Provar–FIA (Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração), Cláudio Felisoni de Angelo.

De acordo com o professor, em junho, na comparação com o mês de maio, as vendas devem crescer pelo menos 5%, o que deve fazer com que os preços de lembrancinhas e de presentes mais elaborados subam neste período.

Dentre os produtos que mais devem sentir a alta nos preços, estão flores, chocolates, perfumes, cosméticos, roupas e calçados, produtos bastante procurados pelos enamorados.

Números

Ainda conforme o Angelo, os dados do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) indicam que, nos primeiros quatro meses de 2010, os preços subiram 2,65%.

No que diz respeito às vendas, diz o professor, entre 2008 e 2009, o consumo cresceu em relação ao exercício anterior, aproximadamente, 15%. O aumento se deve, sobretudo, ao acréscimo de 3% da massa real de salários, à queda na taxa de juros do financiamento e ao alargamento dos prazos médios de pagamentos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host