UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 09h44

Alimentos influenciam elevação dos preços dos supermercados em maio

SÃO PAULO – Os preços dos produtos dos supermercados subiram em maio influenciados principalmente pelos alimentos. No mês passado, o IPS (Índice de Preços dos Supermercados), da Apas, medido pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), registrou variação de 0,40%.

A variação do quinto mês do ano é menor que a registrada em abril, quando estava em 1,58%, mas ficou acima da variação registrada no mesmo mês de 2009, quando era de 0,15%. Entre janeiro e maio, os preços dos produtos dos supermercados já acumulam aumento de 5,04% e, nos últimos 12 meses, de 3,47%.

De acordo com o levantamento, somente os preços dos alimentos subiram 0,56%. Dentro do grupo, o aumento mais significativo foi o dos preços dos cereais, de 2,12%. A queda dos preços dos produtos hortifrutigranjeiros, de 3,70%, barrou uma elevação maior dos preços dos alimentos.

Quedas e altas

Considerando ainda os produtos que registraram aumentos, os preços das bebidas ficaram 0,70% maiores em maio. Dentro desse grupo, as alcoólicas ficaram mais caras, em 1,45%. Já as não alcoólicas apresentaram aumento de 0,30% nos preços.

Dentro do subgrupo cereais, que influenciou a variação do índice em maio, o feijão foi o produto que mais subiu, 9,96%. No mesmo período, o arroz ficou 1,38% mais caro. Neste ano, o preço do feijão já acumula alta de 74,31%, e o do arroz, de 8,77%.

Considerando os itens com quedas de preços estão: tomate, que ficou 30,15% mais em conta, cenoura (-12,92%), alface (-10,09%), laranja (-12,26%) e açúcar (-5,88%).

Os preços dos produtos de limpeza e dos artigos de higiene também ficaram mais baratos no quinto mês do ano, em 0,13% e 0,47%, respectivamente.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host