UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 12h40

Namorados do Rio gastarão mais do que os de São Paulo neste ano

SÃO PAULO – Moradores da cidade do Rio de Janeiro e região metropolitana pretendem gastar mais do que os da cidade de São Paulo no Dia dos Namorados deste ano, que será comemorado no próximo sábado (12).  

Uma pesquisa realizada pela Fecomércio-RJ mostrou que a população da região vai gastar em média R$ 183,80 neste ano com a data comemorativa, um valor 2,2% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

A Fecomercio-SP, por sua vez, observou que 69,6% dos paulistanos pretendem presentear, gastando em média R$ 59. Além disso, eles encontraram que 2,7% dos namorados pretendem gastar até R$ 20, 19,3% querem desembolsar de R$ 21 a R$ 50, 14,7% planejam gastar de R$ 51 a R$ 70 e 54%, mais de R$ 70.

No Rio de Janeiro, roupas lideram Entre os cariocas e moradores da região metropolitana do Rio, as roupas lideram a intenção de compra, com 30,7% do total, seguidas de perfumes/cosméticos (10,1%), joias/bijuterias (9,2%) e calçados/bolsas (4,6%).

Além dos presentes, 47,6% pretendem fazer algum outro tipo de comemoração, como sair para jantar ou almoçar (80,8%) e viajar (8,7%).

Mas, como de costume, os apaixonados vão deixar para ir às compras na última hora, uma vez que 88,6% dos entrevistados haviam dito que ainda não tinham comprado o presente na data da pesquisa, em 1º de junho.

Ao comprar, 90,2% dos mais de 780 entrevistadas responderam que vão pagar à vista, enquanto 14,6% vão parcelar.

Em São Paulo, ainda há indecisão As roupas também lideram em São Paulo entre aqueles que sabem o que vão comprar, com 27,5% do total de respostas. Porém, ainda existe um grupo de 36,8% dos paulistanos que simplesmente não sabe o que vai comprar.

Além das roupas, seguem na lista desta população os perfumes e cosméticos (8%) e os telefones celulares (5,6%).

Na capital paulista, a maioria pretende pagar à vista também. Além disso, 32,2% afirmaram que vão pesquisar em pelo menos três estabelecimentos antes de efetivar a compra. Isso se der tempo, porque os dados mostraram que alguns estão atrasados.

Pouco mais da metade das mulheres afirmou que adquiriria presentes com uma semana de antecedência, enquanto 47,2% dos homens vão deixar para comprar na véspera. A pesquisa foi feita no dia 28 de maio, com 1.115 pessoas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host