UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 17h05

Número de ações de despejo por falta de pagamento cai 8% frente a 2009 em SP

SÃO PAULO – O número de ações de despejo por falta de pagamento em São Paulo registrou queda de 8% em maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com dados divulgados pela Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios).

No mês passado, ingressaram no Tribunal de Justiça de São Paulo 1.518 ações, contra as 1.649 verificadas em maio de 2009. Frente a abril, a queda foi de quase 4%, uma vez que foram contabilizadas 1.581 ações naquele mês.

De janeiro a maio, as ações de despejo por falta de pagamento somaram 7.383, apresentando queda de mais de 14% frente ao mesmo período de 2009, quando 8.441 ações foram acionadas no TJ.

Consignatárias e renovatórias
No mês passado, o número de ações consignatórias – propostas quando há discordância de valores de aluguéis ou encargos – aumentou 18,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado e permaneceu estável frente o mês anterior.

Em maio, o TJ de São Paulo contabilizou 13 ações desse tipo, o mesmo número registrado em abril. No mesmo mês de 2009, foram 11 ações. No acumulado deste ano, o órgão registrou 94 ações consignatárias. No mesmo período do ano passado, havia 93 processos desse tipo.

Considerando as ações renovatórias – aquelas geradas pelo locatário para garantir sua permanência no imóvel –, foi registrada queda de 6,25% entre maio de 2009 e o mesmo mês deste ano, ao passar de 64 ações para 60 no mês passado.

Frente a abril, também houve queda, de 13%, pois naquele mês o TJ registrou 69 ações renovatórias. Neste ano, 357 processos desse tipo foram abertos no órgão de justiça, contra os 393 verificados entre janeiro e maio de 2009 – uma queda de mais de 9%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host