UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 16h28

Paulistano prefere quitar dívida a comprar presente no Dia dos Namorados

SÃO PAULO – A maioria dos paulistanos quitaria uma dívida em vez de dar um presente durante o Dia dos Namorados de 2010, revelou pesquisa realizada pela Fecomercio-SP. A opção foi apontada por 71,8% dos entrevistados.

Os homens seriam os mais generosos com as parceiras, uma vez que 29,4% deles responderam que comprariam o presente e não quitariam a dívida, ante 19,7% entre as mulheres residentes da capital paulista.

Outros 66,6% dos homens responderam que quitariam a dívida, proporção menor do que a identificada entre as mulheres (77,4%). O restante respondeu que não saberia o que fazer nesta situação.

Homens x mulheres
Ainda em São Paulo, a pesquisa mostrou que as mulheres devem gastar um pouco mais do que os homens no Dia dos Namorados, sendo que elas vão ter um valor médio do presente de R$ 60 e eles, de R$ 59.

Pouco mais da metade das mulheres disse que adquiriram presentes com uma semana de antecedência, enquanto 47,2% dos homens deixaram para comprar na véspera do dia 12 de junho.

Entre os presentes desejados para a data comemorativa, as mulheres apontaram celulares (26,1%), CDs e DVDs (7,5%) e eletroeletrônicos (7,1%). Os homens, por sua vez, escolheram celulares (23,4%) e livros (5,6%).

A Pesquisa Direta da Fecomercio foi realizada junto a 1.115 pessoas no dia 28 de maio deste ano.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host