UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 18h50

Teto para reajuste de plano de saúde é de 6,73% neste ano, determina ANS

SÃO PAULO – O reajuste dos planos de saúde individuais e familiares deve ser de, no máximo, 6,73% neste ano, teto estabelecido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e divulgado nesta sexta-feira (11).

O índice incidirá sobre 7,4 milhões de consumidores que possuem planos de saúde médico-hospitalares individuais/familiares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei 9.656/98.

Os segurados afetados pelo reajuste representam 13,21% dos cerca de 56 milhões de consumidores de planos de saúde existentes no Brasil.

Com atraso A ANS orienta os consumidores a observarem se o percentual de aumento está devidamente identificado, permanecendo atentos a eventuais cobranças de valores retroativos.

Tais cobranças só serão permitidas caso haja defasagem de até três meses entre a data do aniversário do contrato e a primeira aplicação do reajuste.

Em caso de dúvida, o segurado por entrar em contato com a ANS pelo telefone (0800 701 9656) ou pela internet (www.ans.gov.br, em Fale Conosco).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host