UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 16h14

Ajuste de preços é responsável por queda da inflação, diz economista

SÃO PAULO - A queda de 0,04% do IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) registrada na segunda semana de junho foi consequência de um ajuste de preços tardio, segundo o coordenador do índice, Paulo Picchetti.

"Nós acreditávamos que começaria um declínio (dos preços) a partir do final do primeiro trimestre, mas esse movimento demorou mais tempo para ocorrer, tendo-se iniciado apenas agora no final do primeiro semestre", afirmou Picchetti, segundo a Agência Brasil.

Para o economista da FGV (Fundação Getulio Vargas), a taxa mostra a volta da normalidade entre a oferta e a demanda, principalmente dos produtos hortifrutigranjeiros, cujos preços subiram muito no começo do ano, em razão das chuvas intensas nas áreas produtoras.

Previsões

De acordo com Picchetti, está difícil prever tendências para a inflação, já que a taxa está muito influenciada por itens que variam muito e geram incertezas para as previsões.

Entre os produtos que permanecem com preços mais elevados, encontram-se o feijão e o limão. Já os preços do mamão da Amazônia (papaya) e da cebola, que são os principais produtos que ainda pressionam a inflação, indicam desaceleração no ritmo de aumento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host