UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 08h22

Citi rebaixa recomendação e preço-alvo do Marfrig, após anúncio de nova aquisição

SÃO PAULO - O Citi reduziu a recomendação e o preço-alvo para as ações do Marfrig (MRFG3), após a empresa ter anunciado a aquisição da norte-americana Keystone Foods, mostrou relatório.

A análise, assinada por Carlos Albano e Marcio Kawassaki, considerou a operação positiva para a brasileira em termos de preço (US$ 1,26 bilhão) e da expansão dos negócios no segmento de food service, mas ponderou que ela deve aumentar o risco de execução da empresa. As incertezas, segundo os analistas, são sobre se o Marfrig conseguirá trazer ganhos de sinergia com a aquisição e se apresentará um fluxo de caixa positivo independentemente dos resultados das novas empresas adquiridas recentemente.

Revisão

A revisão das perspectivas do Citi sobre as ações do Marfrig ainda não consideram os números da Keystone, enquanto os analistas aguardam mais detalhes sobre a operação e a empresa. Os fatores analisados foram o aumento do custo da dívida da empresa (que realizará emissão de debêntures privados conversíveis para financiar a aquisição) e uma maior volatilidade dos papéis por conta do risco assumido com a operação.

A recomendação para as ações do Marfrig foi reduzida para manutenção, ante compra e a avaliação de risco foi revisada para "risco elevado", ante "especulativo". Já o preço-alvo foi rebaixado para R$ 21,00, frente a R$ 25,00, com um potencial teórico de valorização de 27,9%, considerando a cotação de fechamento da véspera.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host