UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 12h35

Gradual lista 13 sugestões na carteira para a semana de 16 a 23 de junho

SÃO PAULO - A Gradual Corretora listou 13 ações em seu portfólio recomendado para os pregões de 16 a 23 de junho, revelando uma maior exposição ao setores de mineração e construção, cada qual com 20%.

Em relatório, a corretora revela seu otimismo com o futuro desempenho do mercado de ações. "A partir de agora, assumimos um cenário em alta, ainda que com prosseguimento do comportamento volátil", estima a Gradual.

Na percepção da instituição, houve uma melhora no humor dos investidores, reflexo da perda do poder da crise fiscal europeia de deprimir o mercado, "pelo menos por ora".

Além disso, o otimismo também é justificado pelos números trazidos pelos EUA e Alemanha, "que podem apontar um revigoramento dos seus mercados", e, no ambiente doméstico, pelos "números do nível de atividade reafirmando o bom momento de nossa economia".

Alterações na carteira

É com essa leitura otimista, portanto, que os analistas embasaram suas recomendações, elevando substancialmente sua exposição sobre o setor de commodities, "por conta da melhora no cenário internacional e das próprias recuperações dos setores". A Gradual optou pelo aumento do peso de Vale, de 10% para 15%, e de Metalúrgica Gerdau, passando de 5% para 10%.

Houve ainda o acréscimo de Fibria no portfólio. "Confiantes na evolução favorável do setor de celulose, alocamos 5% na Fibria, que com o equacionamento de sua dívida, volta a ter fôlego para retomar os investimentos", argumentam os analistas.

Além dela, Oi e Ferbasa também foram incluídas. "No caso da Oi, não só aumentamos a alocação de 5% para 10%, como também trocamos as ações preferenciais por ordinárias, diante das possibilidades de fusões e aquisições dentro do setor"; já com relação à Ferbasa, os analistas observam desconto em seus múltiplos e "plenas condições de capturar a retomada da indústria siderúrgica".

Por sua vez, foram removidos os papéis de Copasa, Iguatemi e Itaú Unibanco, "ações que julgamos sem momentum no curto prazo e menos afeitas à estratégia traçada para a semana", argumenta a Gradual.

Desempenho da carteira Nos sete dias anteriores, o portfólio de ações sugerido pela Gradual teve um desempenho positivo de 2,35%, resultado 1,94 ponto percentual abaixo do Ibovespa durante o período, cuja performance ficou positiva em 4,29%. No ano, a carteira semanal da corretora acumula uma queda de 2,60%, contra recuo de 6,04% do benchmark.

Confira a recomendação da Gradual

Empresa Código Preço-alvo* Upside** Peso ajustado
Suzano SUZB5 R$ 21,00 32% 5%
Petrobras PETR4 R$ 37,00 28% 10%
Gerdau Met GOAU4 R$ 40,00 24% 10%
Lojas Renner LREN3 R$ 56,00 21% 5%
Ferbasa FESA4 R$ 17,70 54% 5%
EzTec EZTC3 R$ 11,60 42% 10%
Vale VALE5 R$ 57,80 37% 15%
Oi TNPL3 R$ 49,50 23% 10%
BR Foods BRFS3 R$ 29,00 19% 5%
Brookfield BISA3

R$ 10,50 35% 10%
Light LIGT3 R$ 29,00 35% 5%
Marcopolo POMO4 R$ 11,80 37% 5%
Fibria

FIBR3 R$ 39,00 32% 5%
* Para o final de 2010 **Potencial de valorização em relação ao fechamento de 15 de junho

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host