UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 16h43 / Atualizada 25/06/2010 - 16h48

Do total de reclamações contra telefonia móvel, 37% referem-se à cobrança

SÃO PAULO - Entre as reclamações contra operadoras de telefonia móvel registradas na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em maio deste ano, quase 37% eram referentes a problemas de cobrança. Elas somaram 25.781, do total de 69.711 queixas.

Dados da agência mostram ainda que o segundo tipo de reclamação mais comum foi a relacionada ao atendimento: 9.092 reclamações ou 13,04% do total. Já as reclamações relacionadas a serviços adicionais somaram 6.261 queixas (9%). As queixas sobre desbloqueio totalizaram 4.870 reclamações (7%).

Ainda na lista constam problemas com promoções, que ficaram com 4.038 queixas, planos de serviço (2.858), bloqueio (2.837), cancelamento (2.787) e reparos (2.725).

No último lugar do ranking ficaram as queixas relacionadas a problemas com habilitação: foram 1.984 reclamações, 2,85% do total de queixas do quinto mês do ano.

Telefonia fixa, TV e internet

Dos protestos feitos contra operadoras de telefonia fixa, que somaram 47.823, 27,12% ou 12.970 referiam-se a reparo. Em segundo lugar na lista ficaram problemas referentes à cobrança, que somaram 12.172 queixas no mês passado (25,45%).

Problemas com o atendimento, instalação de acessos individuais e mudança de endereço seguem no ranking, com 3.946, 3.758 e 2.174l queixas registradas pela Anatel em maio. Reclamações devido a problemas com planos de serviço somaram 2.157, seguidas de queixas por bloqueios (2.051), cancelamento (2.007), código de acesso (1.720) e completamento de chamadas (1.281).

Com relação às reclamações contra operadoras de TV por assinatura, 41,2% delas eram sobre cobranças, de um total de 6.338 queixas. Assim como em outros serviços de comunicação, problemas com reparo também aparecem na lista, com 823 queixas, seguidas das reclamações contra o atendimento (708), cancelamento (461), programação (43) e instalação (411).

Tal como na telefonia móvel, fixa e TV por assinatura, nos serviços de comunicação multimídia (banda larga e serviços de VoIP), questões relacionadas à cobrança também aparecem, mas nesse tipo de serviço ficaram em terceiro lugar, com 18,8% do total de 17.033 queixas. A maioria dos problemas foi relacionada a reparos (42,75%), seguidos por problemas de instalação, que tiveram 3.705 queixas em maio (21,75%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host