UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/07/2010 - 08h13

Novos valores de pedágios nas rodovias de SP entram em vigor nesta quinta

SÃO PAULO – Os pedágios cobrados nas rodovias concedidas do estado de São Paulo estão até 5,22% mais caros desde a 0h desta quinta-feira (1º). O reajuste anual foi aprovado pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

Esse percentual foi aplicado às tarifas cobradas nas rodovias cujos contratos de concessão foram assinados entre 2008 e 2009. Nesses casos, como base para o cálculo do índice de reajuste, a agência utilizou o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Para as rodovias cujas concessões foram efetivadas entre 1998 e 2000, o percentual de reajuste é menor, de quase 4,18%. Para esses contratos, a Artesp utilizou o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) como base de cálculo.

Programa de concessões implantou 125 praças

Desde que foi iniciado, em 1998, o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado criou 125 novas praças de pedágio em rodovias paulistas. Somente na primeira etapa do programa, 75 novos pedágios foram implantados nas vias, com valores que variam de R$ 2,15 a R$ 18,50, para carros de passeio, considerando os valores já reajustados.

As rodovias Anhanguera, Castello Branco, Bandeirantes, Washington Luis, Raposo Tavares e Imigrantes foram as vias que mais receberam novos pontos de pedágio na primeira etapa. Somente a via Anhanguera recebeu 11 novos pedágios e na Castello foram implantados 9 novos pedágios.

Na segunda etapa do programa de concessões, 50 novas praças foram implantadas. Nessa etapa, rodovias como a Dom Pedro I, Raposo Tavares, Marechal Rondon e o Rodoanel Mário Covas foram os mais pedagiados.

Confira na tabela abaixo, quanto estão custando os pedágios em algumas das principais rodovias a partir desta quinta:

Novos valores dos pedágios das rodovias paulistas concedidas 
 
Rodovia      Praças de pedágio            Localização Km           Tarifa carros     

     Tarifa motos  
 

Via Anhanguera
 
Perus 026+495 R$ 6,35 -
 
Via Anhanguera Valinhos 082+000 R$ 6,35 -
Via Anhanguera Valinhos 081+000 R$ 6,35 -
Via Anhanguera Nova Odessa 118+000 R$ 5,60 -
Via Anhanguera Limeira 152+000 R$ 4,25 -
Rodovia dos Bandeirantes  Campo Limpo 039+047 R$ 6,35 -
Rodovia dos Bandeirantes Caieiras 036+200 R$ 6,35 -
Rodovia dos Bandeirantes Itupeva 077+430 R$ 6,35 -
Rodovia dos Bandeirantes Sumaré 115+520 R$ 5,60 -
Rodovia dos Bandeirantes Limeira 159+550 R$ 4,25 -
Rodovia Presidente Castello Branco  Osasco (Marginal) 018+000 R$ 2,90 -
Rodovia Presidente Castello Branco Barueri (Marginal) 020+000 R$ 2,90 -
Via Anchieta Riacho Grande 031+106 R$ 18,50 -
Rodovia dos Imigrantes  Piratininga  032+381 R$ 18,50 -
Rodovia Ayrton Senna da Silva Itaquaquecetuba 032+900 R$ 2,40 R$ 1,20
Rodovia Ayrton Senna da Silva Guararema 057+800 R$ 2,30 R$ 1,15
Rodovia Gov. Carvalho Pinto São José dos Campos 092+500 R$ 2,30 R$ 1,15
Rodovia Gov. Carvalho Pinto Caçapava 114+000 R$ 1,75 R$ 0,85

R$ 12 bilhões

De acordo com a Artesp, o programa de concessões destinou até agora R$ 12 bilhões para ampliação e modernização de 5,2 mil quilômetros de rodovias. Para operação e manutenção foram destinados outros R$ 8,4 bilhões em recursos.

Segundo a agência, os recursos advindos dos pedágios são destinados à manutenção das vias e também às prefeituras de 242 municípios paulistas cortados por elas. Desde 2000, os órgãos municipais receberam R$ 1,4 bilhões.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host