UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/07/2010 - 09h14

Citi eleva projeções para minério de ferro e destaca papéis da CSN

SÃO PAULO - O Citi elevou suas perspectivas para os preços de metais a longo prazo, sob o peso de uma alta nos custos operacionais e nos custos de capital em commodities, onde os preços são necessários para dar sustentação à capacidade de investimento em curso. Neste sentido, vislumbram como boa oportunidade doméstica de investimento no setor os ativos da CSN (CSNA3). 

CSN: ativos atraentes 

Segundo a avaliação da equipe do banco, formada pelos analistas Alexandre Hacking e Claudia Elisabeth Feddersen, os papéis da companhia possuem um múltiplo P/NAV (relação entre o preço e o valor líquido do ativo) mais barato no setor de metais da América Latina, quando tomado os preços à vista. 

Do mesmo modo, quando levadas em conta as projeções de longo prazo do Citi para as cotações dos metais, as ações da siderúrgica também figuram entre aqueles com múltiplo mais atrativo, ficando pouco atrás da top pick do banco para o setor na América Latina, a Grupo Mexico. 

Cabe ressaltar que a projeção do banco para o minério de ferro da CSN no longo prazo é de US$ 50 a tonelada, cifra cerca de 55% abaixo dos atuais patamares no mercado à vista. 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host