UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2010 - 09h25

Feriado em SP: confira os serviços que abrem e fecham no feriado paulista

SÃO PAULO – Na próxima sexta-feira (9), os paulistas comemoram a Revolução Constitucionalista de 1932. E com a proximidade do feriado, muitas pessoas já arrumaram as malas para aproveitar os dias em outro lugar ou mesmo se preparam para descansar.

A CET estima que cerca de 1,2 milhão de veículos deixem a capital paulista em direção ao litoral e ao interior. Contudo, é bom que os paulistas fiquem atentos, já que, mesmo no interior ou no litoral, muitos serviços públicos não vão funcionar, uma vez que o feriado é estadual.

Bancos

Quem tiver de ir a alguma agência bancária terá de fazê-lo nesta quinta-feira (8) mesmo ou esperar a próxima segunda-feira (12). Isso porque as agências estarão fechadas na sexta (9) e só reabrem na semana que vem.  

Assim, quem tiver contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo) e carnês a vencer no dia 9 pode deixar para pagá-los no próximo dia útil, 12 de julho, sem incidência de multa e/ou juros. 

Consumo

De acordo com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), o funcionamento dos supermercados depende do acordo estabelecido entre as lojas e os sindicatos locais. Pela dúvida, o melhor é já garantir a dispensa completa. 

No caso dos shoppings, a abertura das lojas dependerá de cada estabelecimento. 

Capital paulista 

Para as pessoas que ficarão na capital paulista durante o feriado, é importante saber que muitos serviços essenciais não funcionarão normalmente.

Veja o que abre e o que fecha na capital paulista:

  • Serviços públicos: as praças de atendimento das subprefeituras da cidade de São Paulo não funcionarão durante todo o feriado, retomando expediente apenas na segunda-feira (12).
  • Saúde: Os hospitais, pronto-socorros e AMAs funcionam normalmente durante o feriado. Já as UBS (Unidades Básicas de Saúde) e as AMAs Especialidades permanecerão fechadas, mas retomam o atendimento na segunda-feira (12).
  • Assistência Social: os serviços de emergência, acolhida e albergues funcionam 24 horas, como é o caso dos Abrigos/Casas de Acolhida, da Cape (Central de Atendimento Permanente e de Emergência) e dos Crecas (Centros de Referência da Criança e do Adolescente).
Já o Creci (Centro de Referência de Cidadania do Idoso), a Loja Social, Restaurante-Escola, Cras (Centro de Referência de Assistência Social), Cas (Coordenadoria de Assistência Social) e Comas (Conselho Municipal de Assistência Social) não funcionarão nos dias de feriado.

  • Emprego: as unidades do CAT (Centro de Apoio ao Trabalho) de São Paulo permanecerão fechados e só retornam na segunda (12).
  • Poupatempo: os postos fixos e móveis da cidade – e também da Grande São Paulo e Interior – fecharão na sexta (9), mas voltam a atender no sábado (10). O Disque Poupatempo (0800 772 36 33 - ligação gratuita) também não atenderá na sexta (9), mas no sábado (10) o expediente será normal.
  • Procon-SP: os postos de atendimento pessoal (Poupatempo Sé, Itaquera e Santo Amaro) não funcionarão no feriado, retornando no sábado (10), das 7h às 13h. O atendimento telefônico (151, 3824-0446 - cadastro e pesquisa e 3824-0717 - audiências e administrativo) também não funcionará em nenhum dia deste feriado, retornando na segunda (12).
Abastecimento

Feiras livres e sacolões: Na capital paulista, muitos sacolões funcionarão normalmente no feriado: é o caso dos sacolões Santo Amaro, Brigadeiro, Butantã, Estrada do Sabão, Jaçanã, Jaguaré, Jaraguá, João Moura, Piraporinha, Rio Pequeno, Avanhandava e Bela Vista. Outros atenderão em horário diferenciado na sexta-feira (9), como os sacolões São Miguel e Cidade Tiradentes, que funcionarão das 8h às 14h; Cohab Adventista, que abrirá das 7h às 13h; Freguesia do Ó, das 7h às 15h; e Lapa, das 7h às 14h.

Mercados municipais: na sexta (9), funcionarão os mercados Kinjo Yamato, das 2h às 15h; Paulistano, das 6h às 18h; Vila Formosa e Central Leste, das 7h ás 13h; Teotônio Vilela, das 7h às 19h; Pirituba e da Lapa, das 7h às 14h; Guaianases, Ipiranga, Penha, Sapopemba e Tucuruvi, das 8h às 13h; Santo Amaro, das 8h às 14h; e de São Miguel, das 8h às 16h. O mercado municipal de Pinheiros não funcionará.  

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host