UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/07/2010 - 13h45

Operações com cartões de chip apresentam forte crescimento em 2009

SÃO PAULO – As operações realizadas com cartão de crédito com chip estão se tornando cada vez mais frequentes no País, conforme aponta o Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamentos, divulgado na quinta-feira (15) pelo Banco Central.

Este tipo de transação, que no último trimestre de 2007 representava cerca de 9,3% do total, deu um salto considerável no quarto trimestre de 2009, passando para 41,2% das operações efetuadas.

As transações com cartões de débito com chip também apresentaram forte elevação, segundo constatou o estudo. No quarto trimestre de 2007, a modalidade representava 15,5%, percentual superado no mesmo período do ano passado, quando atingiu 39,4%.

De acordo com o BC, o crescente uso de cartões com esse tipo de tecnologia contribuiu de maneira significativa para a redução das fraudes nas compras presenciais, uma vez que são mais seguros do que os cartões que possuem apenas tarja magnética, mais vulneráveis à clonagem.

Cartões Os produtos classificados como Premium também registraram aumento na participação no total de operações, de 8,7%, no quarto trimestre de 2007, para 12,2% no mesmo período do ano passado.

Ao levar em conta apenas os cartões ativos (premium versus total de cartões ativos), houve uma variação de 3% para 4,3% no período em relação à participação. Em contrapartida, os cartões básicos tiveram queda, de 71,9% para 67,6%.

Já os plásticos considerados híbridos, por funcionarem como um cartão de loja no próprio estabelecimento e como um cartão de bandeira nos demais pontos comerciais, apresentaram aumento na participação.

De 1,9%, em 2007, a proporção de transações como esse tipo de cartão passou para 5,8% em 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host