UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 13h36

Antes do fim do mês, gasto de brasileiro no exterior já é maior que em julho de 2009

SÃO PAULO – Dados preliminares de julho, compilados até esta segunda-feira (26), indicam que os brasileiros já deixaram no exterior mais do que o valor gasto em todos os dias do sétimo mês do ano passado.

Segundo os números, adiantados pelo chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, até agora já foram gastos US$ 1,135 bilhão, ante US$ 1,045 bilhão de julho de 2009.

Lopes lembrou, de acordo com a Agência Brasil, que, em 2009, a crise financeira internacional afetou a renda, o que reduziu as viagens ao exterior. Neste ano, no entanto, ele destaca os bons indicadores de emprego e renda, que são variáveis chave para viagens internacionais.

“Há uma maior difusão da cultura da viagem ao exterior. Temos segmentos da população que antes não viajavam ao exterior”, acrescentou Lopes.

Estrangeiros no Brasil

Os dados preliminares destacam que, até agora, as receitas deixadas no Brasil por estrangeiros já somam US$ 320 milhões. No ano passado, em todo mês de julho, os estrangeiros deixaram por aqui US$ 445 milhões.

Recorde no semestre

No primeiro semestre do ano, de acordo com a nota do Setor Externo, os gastos de brasileiros em viagem ao exterior somaram US$ 7,050 bilhões, o maior valor para o período desde o início da série histórica do Banco Central, em 1947. As despesas registradas em junho, de US$ 1,325 bilhão, também são recorde para o período.

Já as despesas dos estrangeiros no País somaram, de janeiro a junho deste ano, US$ 2,940 bilhões. Considerando apenas o sexto mês do ano, a cifra é de US$ 416 milhões.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host