UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/08/2010 - 09h35

Seguro: com falta de peças, carros ficam mais tempo nas oficinas

SÃO PAULO – As seguradoras de automóveis estão sofrendo com a falta de peças no mercado. Segundo o diretor executivo da FenSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais), Neival Rodrigues Freitas, essa situação está fazendo os segurados esperarem mais tempo para ter o carro de volta do conserto.

A federação levou a questão às montadoras e verificou que a falta de determinadas peças também está afetando a linha de produção de veículos. Freitas espera, contudo, que a situação se normalize o mais rápido possível, a fim de não prejudicar ainda mais os segurados.

Ele também ressalta que o problema ainda não é determinante para possíveis elevações de preços dos seguros. “Essa falta de peças pode provocar um aumento de preços das peças? Ainda é cedo para saber”, diz.

Motivos

Segundo Freitas, o aumento da produção de veículos novos é um dos fatores que levou à falta de peças no mercado. Somente no primeiro semestre deste ano, de acordo com os últimos dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), houve um aumento de 19% no número de veículos produzidos, frente a igual período do ano passado.

“A frota está crescendo mais rápido que o número de oficinas”, lembrou o diretor da federação. “As montadoras estão adotando medidas para amenizar o problema e esperamos que a médio prazo ele esteja resolvido”, afirmou.

Quando aos segurados, Freitas apenas pede paciência. “O tempo de espera daqueles que levam os veículos para consertar está sendo maior, mas a solução não está ao alcance das seguradoras, por isso, pedimos que eles tenham paciência”.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host