UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 21h08

NET: para analistas, aquisição pela Embratel seguirá com impacto positivo nas ações

SÃO PAULO - O prêmio oferecido na oferta de aquisição de 100% das ações da NET (NETC4) pela Embratel nesta quinta-feira (5) deverá influenciar positivamente o desempenho do papel ao longo das próximas sessões.

Em relação ao preço de fechamento dos papéis da NET na véspera, a oferta de R$ 23,00 por ação feita pela Embratel representava um prêmio de 15,1% na abertura do pregão desta data. A diferença animou os investidores, responsáveis pela forte valorização de 13,21% dos papéis NETC4 ao final da sessão nesta quinta-feira, cotados a R$ 22,63 cada.

Se a variação dos papéis nesta sessão parece ter sido bastante expressiva, a percepção do mercado é de que ela poderá crescer ainda mais ao longo dos próximos pregões. Isso porque alguns especialistas acreditam na elevação do preço oferecido pela Embratel para adquirir a NET.

Com preço justo inferior, adesão preocupa

Em relatório assinado pela analista Luciana Leocadio, a Ativa Corretora comenta que o preço justo da NET não foi atingido na oferta feita pela Embratel. "Consideramos baixo o preço oferecido, dado que estimamos que o preço justo de NETC4 seja de R$ 28,00 por ação, portanto 18% abaixo do nosso target para a empresa", avaliou.

Por conta da precificação abaixo da média de preço justo esperada pelo mercado, a percepção dos analistas é de que a Embratel deverá elevar sua oferta por ação da NET, o que poderá manter a influência positiva sobre os papéis da empresa, ampliando os ganhos da ação.

"O preço proposto pela Embratel é 22% inferior ao nosso preço-alvo (R$ 29,57). (...) Considerando o valor proposto, a NET está sendo avaliada a um múltiplo EV/Ebitda (múltiplo que relaciona o valor de mercado sobre potencial de geração de caixa) 2011 de 5,1 vezes, ante 6,4 vezes no nosso preço-alvo. Sendo assim, em nossa opinião, o nível de adesão à proposta atual deverá ser baixo", avaliou a analista Beatriz Battelli, da Brascan Corretora.

Por este motivo, Beatriz não descartou a "possibilidade de elevação no preço (da oferta pela Embratel) com o objetivo de aumentar a aceitação dos acionistas à oferta". Além disso, a Brascan acredita que a operação da Embratel é parte da estratégia de integração das empresas do megainvestidor mexicano do ramo de telecomunicações Carlos Slim.

Já a analista da Ativa destacou que a oferta confirmou a expectativa da corretora em relação ao interesse da Telmex/AMX de fechar o capital da NET. "Porém acreditávamos que aguardariam a mudança da regulamentação para fazer este movimento", disse Luciana. "Embora esperemos uma reação positiva no curtíssimo prazo, dado o prêmio oferecido, este preço ofertado deverá funcionar como um cap para as ações, até sair a oferta", completou.

Oportunismo?

“Vemos isso como uma oferta oportunista, uma vez que o preço da ação da NET caiu 18% em 2010”, dispararam James Rivett e Alexandre Garcia, analistas do Citigroup, em relatório divulgado nesta quinta-feira. Para eles, o valor a ser pago por ação, de R$ 23,00, está em linha com o preço-alvo de R$ 24,00 estabelecido pelo banco.

Rivett e Garcia destacaram que “em outras transações, teriam recomendado aos minoritários para aguardarem melhores preços”. No entanto, uma vez que a controladora da Embratel, a America Movil, já detém o total controle das ações votantes da NET, acreditam que a aquisição “irá acelerar os investimentos greenfield” e, por tanto, veem esta recomendação como menos provável.

Recomendações

A Ativa Corretora possui recomendação de compra aos ativos preferenciais da NET, com preço-alvo de R$ 28,00 por ação. Já a Brascan manteve sua recomendação outperform (retorno esperado da ação excede em pelo menos 5 pontos percentuais o retorno projetado para o Ibovespa) aos ativos da empresa de telecomunicações, com target de R$ 29,57 cada.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host