UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/08/2010 - 14h04

Alta na renda e emprego deve aumentar consumo das famílias em 2010

SÃO PAULO – O consumo das famílias deve crescer 6,6% em 2010. Segundo dados divulgados nesta terça-feira (10) pelo Ministério da Fazenda, o montante deve ser superior ao crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), em torno de 6,5%.

Dentre os motivos que explicam os resultados positivos estão o crescimento da renda e do emprego, além do elevado nível de investimentos públicos e privados, que devem possibilitar um nível de demanda acima de 9%.

Ainda conforme os dados divulgados pelo Ministério, no primeiro trimestre deste ano, o consumo das famílias variou 1,5% sobre o último trimestre do ano passado. Já sobre o mesmo período do ano passado, a variação foi de 9,3%. No acumulado de 12 meses, o crescimento é de 6%.

Números

No que diz respeito aos outros itens que compõem a demanda do PIB, o crescimento estimado é de 20,4% para a formação bruta de capital fixo; 2,8% para o consumo do governo; 6,9% para exportações; e 29,6% para importações.

“A retomada do ritmo de crescimento da economia brasileira tem sido capitaneada pelo vigor do mercado doméstico e a aceleração no ritmo de execução do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)”, diz o relatório.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host