UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 09h37

Satisfação dos consumidores on-line atinge 86% no primeiro semestre

SÃO PAULO - Os consumidores que realizam suas compras pela web estão cada vez mais satisfeitos. No primeiro semestre deste ano, o Índice de Confiança do e-Consumidor, desenvolvido pela e-bit, em parceria com o MIS (Movimento Internet Segura), ficou em 86%.

Durante esse período, a confiança do e-consumidor alcançou mais de 86,5% em junho – o maior resultado do ano. Em março, o índice atingiu o seu menor nível de 2010, ficando pouco abaixo dos 85,5%, mas, ainda assim, acima do patamar de excelência definido pela Camara-e.net, de 85%.

O índice de Confiança do e-consumidor avalia itens como facilidade de comprar, seleção de produtos, informação sobre os produtos, preços, navegação, entrega no prazo, qualidade dos produtos e do atendimento aos clientes, política de privacidade e manuseio e envio das mercadorias.

A avaliação dos e-consumidores é colhida por meio de pesquisas nas lojas conveniadas à e-bit, sendo uma no ato da compra e outra após o recebimento do produto.

Satisfação e aumento das vendas

De modo geral, os consumidores ficam mais insatisfeitos com o varejo on-line quando é verificado um aumento nas vendas, o que não ocorreu neste semestre. Os dados da e-bit mostram que o faturamento do comércio eletrônico cresceu 40% de janeiro a junho, frente ao mesmo período do ano passado.

No período, os consumidores gastaram R$ 379, em média, e a previsão é a de que os gastos atinjam R$ 375 – 12% acima do verificado no ano passado, que era de R$ 335.
Hospedagem: UOL Host