UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/08/2010 - 17h36

Gol dá milhas para clientes Smiles como pedido de desculpas por transtornos

SÃO PAULO – Os participantes do programa de fidelidade da Gol, o Smiles, que tentaram viajar ou embarcaram entre os dias 30 de julho e 2 de agosto terão creditadas 500 milhas. O bônus é uma forma de a empresa se desculpar com os passageiros que enfrentaram problemas com atrasos e cancelamentos de voos no início do mês.

Para os órgãos de defesa do consumidor, a estratégia não eximi a companhia da responsabilidade de indenizar de maneira integral todos os passageiros que enfrentaram dificuldades para embarcar, sendo ou não participantes do programa de fidelidade. “A compensação é um ato de liberalidade da GOL, ela não pode ser mais do que um bônus”, afirmou a advogada do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), Maíra Feltrin.

“Em hipótese alguma essa iniciativa deve ser considerada uma forma de compensação”, reforçou o diretor de Atendimento da Fundação Procon-SP, Robson Campos. “Ela não elimina a obrigação de indenização”, disse.. 

A companhia reforçou, por meio de sua assessoria de imprensa, que, de fato, a ação é um bônus aos passageiros fidelizados e disse que em nenhum momento considerou que ela substituiria os ressarcimentos cabíveis aos prejudicados. “É uma característica da Gol ser prestativa com seus passageiros”, considerou a assessoria.

Informação clara

Para Maíra, é importante que a companhia deixe claro que as milhas referem-se a um bônus e não à substituição de possíveis ressarcimentos. “Essa ação tem de ser feita com cautela para que fique claro que se trata de um bônus”, disse.

Campos concordou e ressaltou: “O mais importante é a questão de que se trata de uma iniciativa que não exime a reparação integral dos danos devidos”. O diretor do Procon ainda afirmou que os passageiros que foram prejudicados não devem esquecer de buscar a reparação dos danos, independentemente dos bônus.

Problemas

No final do último mês, a companhia verificou que algumas equipes de tripulantes estava trabalhando além do que prevê a legislação vigente para a categoria, de 85 horas mensais. Na tentativa de adequar os horários, os voos da companhia começaram a registrar atrasos no último dia de julho. Os atrasos seguiram até o dia 2 e hoje as operações da companhia estão normalizadas. 

As 500 milhas, de acordo com a Gol, equivalem a 5% do montante necessário para emitir um bilhete Smiles. Elas são válidas para qualquer trecho nacional ou internacional, exceto para os destinos em que a companhia opera na região do Caribe, para os quais são necessárias 15 mil milhas.

Hospedagem: UOL Host