UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/08/2010 - 10h02

Maior parcela dos investidores tem entre 40 e 65 anos, revela pesquisa

SÃO PAULO – A maior parcela dos investidores tem idade entre 40 e 65 anos, revelou levantamento do Itaú feito com 300 mil clientes que responderam ao API (Análise de Perfil do Investidor), questionário que deve ser aplicado segundo regra da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

De acordo com os dados, 41% dos investidores têm entre 20 e 40 anos, enquanto aqueles com mais de 65 anos responderam por 12% do total e os com menos de 20 anos tiveram uma representatividade de apenas 1%.

“Normalmente, os clientes mais jovens têm maior apetite a risco e, portanto, perfil um pouco mais agressivo. À medida que o tempo passa, a tendência é se tornar mais conservador”, afirmaram o diretor executivo de Produtos de Investimento e Previdência, Osvaldo Nascimento, e o superintendente de Produtos de Investimento, Claudio Sanches.

O processo de API do Itaú leva em consideração todos os produtos de investimento (poupança, CDB, fundos, previdência e ações).

O perfil

Além disso, os dados mostraram que 83% dos investidores estão na região Sudeste, enquanto apenas 0,4% está na região Norte. Em relação ao sexo, 64% são homens.

Um total de 43% dos investidores disseram estar casados, mesma proporção dos que apontaram que estavam solteiro.

Em relação à renda, 60% deles afirmaram que está acima de R$ 7 mil, sendo que 17% têm renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil e 23%, até R$ 4 mil.

Hospedagem: UOL Host