UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/08/2010 - 10h25

Só 25% das operadoras de saúde ficaram com melhores notas em indicador da ANS

SÃO PAULO - Somente 25,2% das operadoras de planos de saúde atingiram as melhores notas no IDSS (Índice de Desempenho da Saúde Suplementar) em 2009.

De acordo com a ANSS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), o IDSS ajuda o consumidor a adquirir mais consciência sanitária. Além disso, ele tem como objetivo avaliar o desempenho das operadoras de planos de saúde no Programa de Qualificação da Saúde Suplementar, observando para isso 30 indicadores individuais divididos em quatro eixos: atenção à saúde, situação financeira, estrutura e satisfação do cliente.

O índice varia de zero a um, sendo medido em cinco faixas: de 0 a 0,19, de 0,2 a 0,39, de 0,4 a 0,59, de 0,6 a 0,79 e de 0,8 a 1.

Resultado

Do total, 249 operadores, que atendem a mais de 24,7 milhões de usuários, ou 59,5% de consumidores de planos de saúde, receberam as pontuações mais altas. Outras 348 empresas, correspondentes a 35,2% das operadoras, receberam notas entre 0,4 e 0,59. Já 392 planos (39,6%) ficaram com as piores notas (0 a 0,39).

O IDSS também mediu o desempenho dos planos exclusivamente odontológicos. Neste caso, 29 operadoras, que respondem por 52,3% do total de clientes, receberam as melhores notas, entre 0,8 e 1.

Hospedagem: UOL Host