UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 20h10

XP inova e apresenta carteira de recomendações de renda fixa para agosto

SÃO PAULO - A XP Investimentos apresentou uma nova variedade de carteira recomendada para o mês de agosto, focada em investimentos em ativos de renda fixa.

A lista traz indicações de títulos em três modalidades: curto prazo (1 até 6 meses), médio prazo (6 meses até 2 anos) e longo prazo (acima de 2 anos). 

"Para investimentos em renda fixa, o prazo adequado mínimo deve ser de um mês, abaixo disso temos o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que é regressivo e que inibe aplicações de prazo muito curto", explica a corretora.

Confira as sugestões para o período:

Portfólio de curto prazo

Título  Vencimento Taxa  Quantidade Mínima Peso
LFT* 7/9/2014 Indexado à Selic R$ 4.300 40%
LCI** De 2 meses até 2 anos 90% do CDI R$ 30.000 60%

*Letras Financeiras do Tesouro
**Letras de Crédito Imobiliário 

Portfólio de médio prazo

Título  Vencimento Taxa  Quantidade Mínima Peso
LFT* 7/9/2014 Indexado à Selic R$ 4.300 30%
LCI** De 2 meses até 2 anos 90% do CDI R$ 30.000 40%
NTN-B*** 15/8/2012 IPCA + 5,80% ao ano R$ 2.000 30%

*Letras Financeiras do Tesouro
**Letras de Crédito Imobiliário
***Notas do Tesouro Nacional Série B 

Portfólio de longo prazo

Título  Vencimento Taxa  Quantidade Mínima Peso
LFT* 7/9/2014 Indexado à Selic R$ 4.300 30%
BNDES D41** 1/1/2013 11,50% ao ano R$ 1.100 20%
CRI*** 20/8/2039 IGP-M + 7,50% ao ano R$ 310.000 50%

*Letras Financeiras do Tesouro
**Debêntures do BNDESpar
***Certificados de Recebíveis Imobiliários

  • Letras Financeiras do Tesouro

    Ótimo investimento para quem busca segurança em vista da reduzida chance do governo brasileiro não honrar seu pagamento. A corretora lembra que estes títulos podem ser utilizados como margem para termo no mercado de ações. Nos últimos 12 meses, seu retorno foi de 9,04%.

  •  Notas do Tesouro Nacional Série B

    Indexadas à inflação, as NTN-Bs garantem a preservação do poder de compra mais juros, guardando todas as vantagens de um título público, explica a XP Investimentos. Nos últimos 12 meses, seu retorno foi de 10,6%.

  •  Letras de Crédito Imobiliário

    Relacionados ao setor imobiliário, estes títulos são isentos de imposto de renda e garantidas pelo fundo garantidor de crédito até valores de R$ 60 mil, destaca a corretora. Nos últimos 12 meses, sua rentabilidade foi de 10,25%, com a taxação inclusa. 

  • BNDES D-41

    No longo prazo, a corretora acredita que 11,80% a.a. é uma estimativa bem interessante de rentabilidade, haja vista a atrativa taxa da debênture e a tendência de queda da taxa de juro. Nos últimos 12 meses, sua rentabilidade foi de 11,65%.

  •  Certificados de Recebíveis Imobiliários

    Os CRIs também apresentam relação com o setor imobiliário, mas possuem prazos maiores e indexados a um índice de inflação. A corretora ressalta que os títulos "contam com incentivo fiscal e são destinados a investidores qualificados (investidores com pelo menos R$300.000,00 em operações financeiras)". Nos últimos 12 meses, sua rentabilidade foi de 13,29%, com a taxação inclusa.

Hospedagem: UOL Host