UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 12h30

BB adiciona Julio Simões ao seu universo de cobertura exaltando perspectivas

SÃO PAULO - "Uma das melhores empresas do ramo logístico", a Julio Simões (JSLG3) foi adicionada ao universo de cobertura do BB Investimentos, recebendo recomendação de manutenção e preço-alvo de R$ 11,40 para o final de junho de 2011, representando um upside de 37,8% sobre o fechamento da última sexta-feira (20). 

Fernanda Marques e Leonardo Nitta, analistas responsáveis pelo relatório, argumentam que a baixa liquidez dos papéis prejudica a performance da empresa em bolsa, mesmo frente às perspectivas animadoras de desempenho operacional nos próximos anos. 

"Com a continuidade do aquecimento da economia interna, recuperação da produção industrial e aumento da produção de etanol, a empresa pode aumentar seu número de clientes e de serviços prestados, bem como aumentar suas receitas através do cross-seling que o tipo de serviço beneficia", explicam os dois, projetando anos de crescimento consistente para a companhia.

A grande diversidade de clientes e os setores aos quais a Julio Simões está exposta também são exaltados como motivos de otimismo com a companhia. 

Baixa liquidez

"O que pesa negativamente sobre o investimento é a baixa liquidez apresentada por suas ações desde sua abertura de capital", destacam os analistas. Vale lembrar que a empresa teve que adiar seu IPO (Oferta Pública Inicial) por duas vezes, devido à demanda insuficiente, e ainda teve que fixar o preço inicial das ações abaixo do range inicial da proposta. 

A companhia contratou em junho deste ano o banco Credit Suisse como formador de mercado, buscando solucionar o problema da baixa liquidez de suas ações. O contrato tem duração inicial de um ano, podendo ser estendido por igual período de tempo. 

Hospedagem: UOL Host