UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 17h06

Spinelli promove três mudanças em carteira para a semana de 23 de agosto

SÃO PAULO - Na aposta de uma semana na qual a cautela deve guiar os negócios, a Spinelli elaborou sua relação de cinco ações sugeridas para os pregões de 23 a 27 de agosto. "Acreditamos que os mercados ainda poderão refletir as incertezas acerca da recuperação das economias de países desenvolvidos", diz a equipe da Spinelli. No entanto, a corretora destaca que resultados positivos no front corporativo, em especial no setor de mineração, tendem a aliviar as pressões negativas.

A corretora ainda chama atenção para dois eventos da agenda que devem mexer com os negócios na Bovespa: a revisão para cima das projeções para o PIB brasileiro em 2010 (como anunciado pelo relatório Focus desta segunda-feira) e a precificação dos barris de petróleo que serão utilizados na cessão onerosa para a Petrobras.

Desempenho

Na semana anterior, o portfólio recomendado mostrou desempenho positivo de 0,09%, ante alta de 0,62% do Ibovespa.

Para o período de 23 a 27 de agosto, os papéis da MRV Engenharia, Vivo e Cielo substituem as ações da Rossi (RSID3), MMX (MMXM3) e Banco do Brasil (BBAS3) na carteira recomendada.

Confira as recomendações:

Empresa Código Preço-alvo* Upside***
MRV** MRVE3 R$ 16,81 11,32%
Vivo** VIVO4 R$ 58,50

30,76%

Brasil Foods BRFS3 R$ 32,20 39,03%
Fibria FIBR3 R$ 40,90 45,03%
Cielo CIEL3 R$ 19,80 27,74%

*Preço-alvo para 12 meses
** Consenso Bloomberg
***Pontecial teórico de valorização calculado com base na cotação de 20/8/2010

Fibria

Além de ter reportado números acima das expectativas em seu balanço trimestral, a companhia planeja acelerar a implantação de uma segunda linha de celulose em Três Lagoas, com capacidade anual de 1,5 milhão de toneladas. A Spinelli destaca ainda que, segundo a Secex (Secretária de Comércio Exterior), o ritmo de exportações da Fibria manteve-se elevado em julho, mostrando uma expansão de 311,64% em relação ao mesmo mês do ano passado.

MRV

Mantendo o foco nas ações de empresas de construção civil voltadas ao público de baixa renda, a corretora alocou as ações da MRV acreditando que elas irão recuperar seu desconto em relação às ações da Rossi, que subiram 4,44% na semana anterior. 

BR Foods

Para a Spinelli, os números relativos ao segundo trimestre deste ano confirmaram a expectativa de melhora da empresa. Seu resultado superou o consenso de mercado e as próprias projeções da corretora.  

Cielo

As ações da operadora de cartões sustentam perspectivas positivas, baseadas no consumo crescente esperado para o setor nos próximos anos, suas margens elevadas e múltiplos atrativos. Além disso, a empresa é líder no mercado de adquirência e paga bons dividendos. "Novas notícias poderão sair no curto prazo a respeito da Holding Elo e do aumento de participação da CEP na Cielo, contribuindo para o desempenho positivo das ações", complementa a equipe da corretora.

Vivo

Apesar dos bons resultados trimestrais apresentados pela empresa, suas ações seguem acumulando perdas. Descontada em relação a seus pares, a Vivo tende a ser beneficiada pela possível incorporação da Telesp.

Hospedagem: UOL Host