UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/08/2010 - 19h48

Deutsche Bank troca BM&F Bovespa por Pão de Açúcar em lista focada em consumo

SÃO PAULO - "Mestres do próprio destino" foi o nome utilizado pelo Deutsche Bank para batizar histórias de crescimento com pouca correlação com mercados globais, uma temática que mostra, em 2010, uma das melhores performances em relação a ações latino-americanas. De acordo com Frederick Searby e Francisco Schumacher, responsáveis pelo relatório, o que reforça essa tese é o fato de que indicadores econômicos depaíses desenvolvidos mostram recuperação tépida e dados da China apontam para desaceleração. Assim, investidores procuram alternativas de investimento que consigam superar esses problemas.

A solução achada foi uma estratégia, indicada pelo banco, que favorece empresas privadas da América Latina de setores como bens de consumo, telecomunicações, saúde e o setor financeiro. Assim, o Deutsche Bank listou 14 papéis com correlação baixa com o mercado global, cujo crescimento seja orientado para o consumo e cujos valuations estejam razoáveis.

Entra Pão de Açúcar, sai BM&F Bovespa

Nesta quarta-feira (25) o banco removeu da lista os papéis da BM&F Bovespa (BVMF3), substituindo-os por Pão de Açúcar (PCAR5), já que a companhia tem potencial de captação de sinergias, após a fusão com a Casas Bahia, e expansão potencial do lucro por ação. Além disso, os ativos são negociados atualmente com grande desconto de 34% em relação a outras empresas brasileiras do setor. 

Já a BM&F foi preterida porque registra performance superior ao MSCI Latam e tem alta exposição aos mercados acionários. O Deutsche Bank cita ainda a possibilidade de atraso na operação de capitalização da Petrobras como um dos fatores avaliados na hora de excluir as ações da companhia da lista. 

Valuation apreciado

O banco não deixa de citar, no entanto, que parte das ações selecionadas no perfil citado acima têm capitalização média e estão com valuation bem alto, com relação entre preço e lucro estimado para 2011 em 22,3 vezes. Nesse caso, MRV Engenharia (MRVE3), Amil (AMIL3) e Pão de Açúcar se destacam por apresentarem valuation mais atraente. 

Hospedagem: UOL Host