UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/09/2010 - 19h42

Em 12 meses, apenas duas categorias de fundos acumulam captação negativa

SÃO PAULO - Os fundos brasileiros acumulam em 2010 um saldo de captação positivo de R$ 45,197 bilhões, de acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira Das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Se considerados os últimos 12 meses, esse montante avança para R$ 75,762 bilhões, tendo como data de referência o dia 1 de setembro deste ano. 

Apesar do desempenho positivo, não são todas as categorias de fundos que estão no azul no período. Considerando os últimos 12 meses, apenas duas das 12 categorias listadas pela associação acumulam saldo negativo: os fundos referenciado DI, com saldo negativo entre aplicações e resgates em R$ 4,31 bilhões, e os FIDCs, com captação negativa em R$ 11,90 bilhões no período. 

Quando tomamos como parâmetro o ano de 2010, mais uma categoria se junta ao campo negativo: os fundos multimercados, que até o dia 1 de setembro marcavam captação líquida negativa de R$ 7,911 bilhões no ano. 

Por outro lado, os fundos de renda fixa - tradicionalmente os maiores da indústria de fundos brasileira - lideram isolados as captações líquidas tanto no período de 12 meses terminados em 1 de setembro quanto em 2010, com saldos positivos entre aplicações e retiradas de R$ 38,0 bilhões e R$ 36,98 bilhões, respectivamente. 

Em segundo lugar entre os destaques positivos estão os fundos de previdência, que já atraíram R$ 23,75 bilhões a mais do que as retiradas nos últimos 12 meses, e acumulam captação líquida positiva de R$ 10,12 bilhões no ano.

Hospedagem: UOL Host