UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/09/2010 - 12h50

Facilidade na pesquisa de preço leva sites das aéreas a audiência recorde

SÃO PAULO – Em um mês com ligeira queda no número de usuários ativos de internet no Brasil, os sites das companhias aéreas registraram taxa recorde de visitas: seis milhões de usuários, de acordo com o Ibope Nielsen Online. O crescimento foi de 36% em relação ao ano passado.

O analista de mídia do Ibope Nielsen on-line, José Calazans, afirma que não há um motivo especial para a alta e que as três maiores companhias (TAM, GOL e Azul) cresceram em audiência. “A audiência desses sites geralmente cresce motivada por campanhas de promoções de passagem. Elas dão certo e levam as pessoas a navegarem nesses sites e nos das outras companhias, para fazer comparação de preços, saber se uma está mais barata que a outra”, declarou o especialista.

Ele concorda que o crescimento na confiança do brasileiro no comércio eletrônico também contribui para o aumento na audiência desses sites. “A passagem aérea é talvez o bem mais comprado pela internet. Pelas facilidades de escolher a companhia mais barata, o melhor horário e o melhor destino. Tudo isso contribuiu para as visitas chegarem a um patamar que não haviam alcançado ainda”, completou Calazans.

Viagens

Crescimento ainda maior, de 43%, foi o da audiência dos sites de Mapas. No geral, a categoria Viagens, cujo número de visitas cresceu 11,4% no ano, chegando a 19,9 milhões de pessoas em julho.

Para Calazans, os serviços de mapas on-line têm se beneficiado do interesse dos internautas por novos serviços e também da adoção de smartphones com acesso à internet no Brasil. “Embora não tenha chegado com tanta força ainda na classe C, os smartphones são o ambiente natural para crescer esse tio de serviço, assim como o uso do Twitter”, completou.

Acessos no Brasil em julho

O número de usuários ativos da internet brasileira, tanto no trabalho quanto em residências, chegou a 39,3 milhões em julho, após queda de 1,6% frente a junho, de acordo com dados do Ibope Nielsen Online.

Na comparação com o sétimo mês do ano passado, quando havia 36,5 milhões de usuários ativos  no País, o aumento foi de 8%.

Hospedagem: UOL Host