UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 13h38

AES Tietê e Eletropaulo têm a preferência entre carteiras defensivas para setembro

SÃO PAULO - A AES Tietê (GETI4) e a Eletropaulo (ELPL6) lideraram as recomendações dos analistas nas carteiras de dividendos para o mês de setembro, que apontam ações com os melhores dividend yields. As empresas tiveram três recomendações cada entre quatro portfólios compilados no período.

Neste mês, foram utilizadas as carteiras da Coinvalores, Omar Camargo, Ágora e Senso. Como normalmente acontece, o setor elétrico segue dominando as preferências dos analistas sob a ótica de dividendos.

Cabe destacar que, neste mês, o segundo lugar no rankig ficou representado por quatro empresas distintas: Transmissão Paulista (TRPL4), Tractebel (TBLE3), Eternit (ETER3) e AmBev (AMBV4). As quatro empresas auferiram duas recomendações cada.

A preferida do mês

O principal catalisador positivo para as recomendações aos papéis da AES Tietê em agosto foi o compromisso assumido pela companhia de distribuir a totalidade de seu lucro líquido do segundo trimestre de 2010 entre seus acionistas. 

Entre abril e junho deste ano, a companhia teve R$ 172,4 milhões de lucro líquido, montante que representa uma queda de 13,5% em relação ao ganho do mesmo período de 2009.

A administração da empresa revelou que os ganhos poderiam ter sido menores se a dívida com a Eletrobras (ELET3, ELET6) não tivesse sido paga. Para tanto, a AES Tietê utilizou os recursos obtidos com a sua primeira emissão de debêntures, que levantou R$ 900 milhões em capital.

Entre as análises da companhia, a Ágora ressaltou que a "ação tipicamente defensiva, característica do setor elétrico, promete entregar yields próximos a 10% em 2010 e 2011". Além disso, a corretora comentou que a empresa é "atrativa por seus múltiplos", destacando, porém, que mudanças na regulamentação do setor, retração da atividade econômica e a perda tarifária são riscos.

Eletropaulo

Divdindo o primeiro lugar no ranking de recomendações defensivas de setembro, a Eletropaulo também chama a atenção dos analistas por conta de seu yield projetado para os próximos anos. A Ágora Corretora espera que a empresa tenha yield superior aos 13,5% em 2010 e 2011.

"É importante mencionar a hipótese de perda de ação na justiça que pode reduzir fortemente o lucro líquido e a distribuição de dividendos, cuja maior parcela não se encontrava provisionada em junho de 2010", avaliou, contudo, a corretora.

Outras empresas

Apesar de não terem recebido votos o suficiente para ficar entre as mais recomendadas nas carteiras de dividendos, outras empresas foram mencionadas pelos analistas nas carteiras defensivas do mês de agosto, com apenas uma recomendação cada uma. São elas: Telesp (TLPP4), Redecard (RDCD3), Souza Cruz (CRUZ3), Cremer (CREM3), CPFL Energia (CPFE3), Coelce (COCE5), BM&F Bovespa (BVMF3) e Bradesco (BBDC4).

Hospedagem: UOL Host