UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/05/2011 - 10h00

Imóveis: Itaú lança linha de crédito para construção e reforma

SÃO PAULO - O Itaú anunciou na terça-feira (17) o lançamento do ConstruShop Itaú, uma linha de crédito pessoal para projetos de construção, reforma e decoração de imóveis. De acordo com o banco, é possível financiar até R$ 300 mil e o cartão pode ser utilizado em lojas que aceitam a bandeira Mastercard débito.

Ainda segundo o Itaú, a aceitação da loja independe de credenciamento por parte do lojista, já que o cartão poderá ser usado nos estabelecimentos dos ramos de construção, móveis e decoração que aceitem os cartões de débito Mastercard.

“Entre os diferenciais do ConstruShop Itaú está a possibilidade de o cliente utilizar o crédito também para decorar, comprar móveis (planejados e não planejados) e não somente para construir ou reformar”, afirma o diretor do Itaú Unibanco, Luiz Veloso. “O usuário terá à sua disposição um demonstrativo especialmente desenvolvido para consulta das condições contratadas, das compras realizadas e dos pagamentos efetuados e futuros”, completa.

Prazos e taxas
Segundo o Itaú, o cliente terá até seis meses para fazer as compras e, durante este período, serão cobrados apenas os juros das compras realizadas. Depois dos seis meses, o banco disponibilizará até 60 meses para pagar o saldo. Caso seja necessário um novo limite, o cliente poderá contratar outro financiamento e utilizar o mesmo cartão, uma vez que o plástico tem uma validade de cinco anos, segundo o Itaú.

O crédito possui taxas de juros a partir de 2,06% ao mês e não há cobrança de tarifas. O produto pode ser contratado por correntistas nas agências Itaú e, segundo o banco, está sujeito à análise de crédito.

Por enquanto, o crédito está disponível apenas no estado de São Paulo, mas, a partir de agosto, poderá ser utilizado em estabelecimentos de todo o País.

Outros bancos
Outros grandes bancos nacionais também possuem linhas de crédito para financiamento de construção e reformas de imóveis residenciais.

Na Caixa Econômica Federal, está disponível a linha de crédito com recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), com prazo de pagamento de até 30 anos, além da linha da Carta de Crédito FGTS Individual.

No Bradesco, é possível utilizar o crédito imobiliário específico para construções, além do CDC (Crédito Direto ao Consumidor) João de Barro, linha de financiamento voltada à aquisição de materiais de construção nas lojas credenciadas à Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) e que pode ser paga em até 48 meses.

No Banco do Brasil, também existe o CDC destinado ao financiamento de bens e serviços relacionados à construção, inclusive móveis em geral e armários planejados, comercializados por estabelecimentos do ramo afiliados à Cielo e conveniados com o banco. Neste caso, o pagamento pode ser feito em até 60 meses.
Hospedagem: UOL Host