! China tem superávit comercial recorde, com crescimento de 47,7% em 2007 - 11/01/2008 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

11/01/2008 - 15h24

China tem superávit comercial recorde, com crescimento de 47,7% em 2007

Pequim, 11 jan (Lusa) - O superávit comercial chinês bateu um novo recorde em 2007, crescendo 47,7% em relação ao total de 2006, para US$ 262,2 bilhões (R$ 462 bilhões), informa a imprensa estatal chinesa.

Segundo a agência oficial Nova China, que cita dados da Administração-geral das Alfândegas, o valor total do comércio externo chinês atingiu em 2007 o valor recorde de US$ 2,17 trilhões (R$ 3,83 trilhões).

O superávit comercial chinês é a principal causa de tensão política entre Pequim e a União Européia (UE), a maior parceira comercial do gigante asiático, e entre Pequim e os EUA.

Em 2006, o superávit da balança comercial chinesa tinha já dado um salto de 74,1% em comparação com os números do comércio do país em 2005, atingido então um máximo histórico de US$ 177,4 bilhões (R$ 312,5 bilhões).

Os valores divulgados pela Nova China devem motivar novas críticas da UE e dos EUA nas exigências para que Pequim reduza os desequilíbrios no comércio externo chinês. Uma das principais reclamações de europeus e norte-americanos é a taxa cambial do iuane, a moeda chinesa, contra o euro e o dólar.

Bruxelas e Washington afirmam que o governo chinês mantém de forma artificialmente baixa o valor do iuane contra as respectivas divisas, dando uma vantagem competitiva injusta aos produtores chineses, ao tornar as exportações chinesas mais baratas e as importações mais caras.

A China já disse que irá permitir uma valorização gradual do iuane, mas recusa permitir que mercado determine o valor da moeda.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host