! Novo centro urbano de Faro criará 10.500 empregos - 03/05/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

03/05/2009 - 13h52

Novo centro urbano de Faro criará 10.500 empregos

Faro, 3 mai (Lusa) - Um empreendimento em Faro com parque urbano, centro comercial Dolce Vita, hotel quatro estrelas, uma área de saúde e residências assistidas à terceira idade começa a ser construído ainda este ano e deverá criar 10.500 postos de trabalho diretos e indiretos.

Em declarações à Agência Lusa, o prefeito de Faro, José Apolinário, explicou que o projeto "é para começar a desenvolver no final deste ano" e que "já foi aprovado o contrato programa a cargo do arquiteto Fernandes de Sá".

"Vamos passar para a fase da discussão do plano urbano e a Prefeitura de Faro exige que 10% da área de construção seja a custos controlados ou para realojamento", acrescentou o prefeito.

Segundo a prefeitura de Faro, o empreendimento vai criar 5.500 postos de trabalho diretos e cerca de cinco mil postos de trabalho indiretos e terá um investimento global de 500 milhões de euros.

O empreendimento, denominado "Porta da Amoreira", é da autoria do arquiteto Manuel Fernandes de Sá e vai ser edificado no Vale da Amoreira, junto a uma das mais movimentadas entradas da cidade - Estrada de São Brás de Alportel - num terreno com cerca de 60 hectares, lê-se num comunicado de imprensa.

O empreendimento é promovido pelo Fundo de Investimento Imobiliário Imogharb, em estreita articulação com a Prefeitura Municipal de Faro, e representa um investimento de 32 milhões de euros relativos à operação urbanística e de 500 milhões de euros na globalidade.

O parque urbano do empreendimento ocupa uma área de sete hectares e vai receber o maior jardim do distrito, um projeto assinado pelo arquiteto Sidónio Pardal, autor do Parque Urbano da Cidade do Porto.

O local onde vai ficar implantado o empreendimento "Porta da Amoreira" vai ter acessos diretos à Via Infante (A22) e ao Aeroporto Internacional de Faro, "contribuindo para a criação de uma nova centralidade urbana e para a requalificação da entrada Norte da Capital do Algarve", lê-se ainda no comunicado de imprensa.

Uma boa dimensão de espaços verdes dentro do empreendimento foi um "pedido expresso" da Prefeitura de Faro, frisa José Apolinário.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host