! Solução de Banco Português de Negócio é venda, diz governo - 20/05/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

20/05/2009 - 11h17

Solução de Banco Português de Negócio é venda, diz governo

Lisboa, 20 mai (Lusa) - O ministro português das Finanças revelou nesta quarta-feira no Parlamento luso que a sua opção de solução para o Banco Português de Negócios (BPN) é vender e que só condições de mercado ou falta de interessados o levarão a ponderar outras possibilidades.

"A venda é o cenário que eu privilegiarei", afirmou Teixeira dos Santos na Comissão Parlamentar de Orçamento e Finanças, ressalvando que, por "eventuais dificuldades" de mercado que resultem na falta de interessados, não pode "descartar outras possibilidades.

"Não escondo a minha preferência por uma solução de alienação", reafirmou, "mas é preciso que se verifiquem condições de mercado desejáveis e que haja interessados".

Teixeira dos Santos afirmou ainda que "garante" que não haverá lugar a indenização de qualquer acionista.

O ministro das Finanças adiantou que a administração do banco aprovou terça-feira as contas, um passo que também era necessário para apresentar a solução final para o BPN.

A Sociedade Lusa de Negócios (SLN), a antiga dona do BPN, quer receber do Estado, como indenização decorrente da nacionalização do banco, 403,8 milhões de euros, como revelou recentemente o atual presidente da empresa, Fernando Lima, na apresentação das contas da "holding", que teve prejuízos em trono do 170 milhões em 2008.

O banco, juntamente com uma área do negócio de seguros, foi nacionalizado em novembro de 2008 e colocado sob administração de gestores da estatal Caixa Geral de Depósitos (CGD) depois de uma intervenção das autoridades, incluindo judiciais, que levou à detenção do seu fundador e antigo presidente, Oliveira e Costa.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host