! Brasil e Portugal realizam evento para o setor marítimo - 26/05/2009 - Lusa - Economia
UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

26/05/2009 - 14h49

Brasil e Portugal realizam evento para o setor marítimo

Cascais, 26 mai (Lusa) - A prefeitura de Cascais e a embaixada do Brasil em Portugal vão se reunir para uma conferência com o tema "O Mar e os seus Negócios", que visa fomentar parcerias para projetos econômicos relacionados com o mar.

Para o prefeito da cidade, António Capucho, "a realização desta conferência é um sinal esclarecedor da vocação do distrito para o desenvolvimento deste setor, em todas as suas vertentes, e da atenção que dedica a todos os assuntos relacionados com o mar".

Os promotores pretendem, assim, facilitar os "encontros bilaterais entre empresários e outras individualidades presentes, ligadas, ou em representação, dos governos de Portugal e do Brasil".

Segundo a prefeitura, "o encontro serve igualmente para projetar Cascais como pólo nacional de referência no quadro da estratégia portuguesa para as atividades relacionadas com o mar, com capacidade para atrair investimentos neste setor, já a partir de 2010".

Além disso, estarão reunidas no evento várias empresas portuguesas e brasileiras que desenvolvem atividades relacionadas com o mar e zonas costeiras, no âmbito da Estratégia Nacional para o Mar, aprovada em Conselho de Ministros em 2006.

Na opinião de Carlos Carreiras, presidente da DNA Cascais e da Cascais Atlântico, "juntar empresários portugueses e brasileiros com atividades comerciais no setor marítimo é uma vitória do concelho e de todas as entidades que congregaram esforços para os reunir aqui, numa ação que, além de debater várias problemáticas de interesse comum, visa colocar em contacto homens de negócios dos dois lados do Atlântico e criar novas oportunidades para todos".

Entre os segmentos representados no encontro estão turismo, construção e reparação naval, energias renováveis, transporte marítimo, pesquisa científica marítima e aquicultura.

A estratégia aprovada por Lisboa também prevê o envolvimento de áreas como a transformação de pescado, o controle da poluição e os oleodutos e emissores.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host